consultoria

Whatsapp

Gestão Financeirasetembro 12, 2019

Microempresa ou empresa de pequeno porte? Conheça os critérios de classificação

O porte de uma empresa refere-se, sobretudo, ao seu faturamento anual. Por meio dessa classificação é possível medir o tamanho das empresas e projetar a fatia de mercado que elas ocupam. Além do mais, o governo consegue fornecer condições especiais para as companhias menores, visto que elas enfrentam mais dificuldades para sobreviver. É o caso de microempresas, empresas de pequeno porte e MEI. Porém, você sabe ao certo o que diferencia cada um desses tipos de negócio?

Critérios de classificação

O principal critério de classificação é a receita bruta, ou seja, as empresas são agrupadas de acordo com o seu faturamento anual. Os valores, inclusive, são definidos pela Lei Complementar nº 155, de 27 de outubro de 2016 e são os parâmetros utilizados para a adequação ao Simples Nacional.

Outro fator de classificação utilizado é o número de funcionários da empresa, já somando suas filiais, caso existam. 

Microempresa (ME)

Considera-se microempresa o negócio cujas atividades atinjam um máximo faturamento anual de R$360.000,00. Não há restrição quanto ao tipo de serviço gerado e comporta, geralmente, até 9 funcionários no setor de serviços e até 19 no ramo industrial. 

Empresa de pequeno porte (EPP)

Considera-se empresa de pequeno porte os negócios com faturamento anual entre R$360.000,00 e R$4.800.000,00; independentemente da sua atividade-fim. É importante salientar que esses valores se referem ao mercado nacional, logo, os ganhos com exportação podem ultrapassar o limite.

Para o mercado de serviços, contabiliza-se de 9 a 49 funcionários; já para a indústria, esse número pode chegar a 99.

Microempreendedor Individual (MEI)

Há uma categoria especial para os empresários que entram em negócios sem sociedade e contam com um faturamento máximo de 81 mil reais por ano. Nesses casos, o microempreendedor pode se formalizar como MEI e exercer qualquer uma das 400 funções regulamentadas, como conserto de roupas e serviços de chaveiro.

Os trabalhadores devidamente registrados como MEI têm acesso a benefícios da Previdência Social como aposentadoria e auxílio-saúde. 

Quer mais conteúdos como esse?

Então continue pelo nosso blog!

Tudo o que você precisa saber sobre o ERP

Como saber se uma ideia é viável

 

O resultado que a sua empresa precisa!

Conheça os serviços da DHoffmann Consultoria e invista no crescimento dos negócios.

Leia Mais

Gestão Financeira

Precificar em farmácias de manipulação: fonte de dúvidas aos gestores
Leia mais

Gestão Financeira

LIVE: 6 mentiras sobre e-commerce que sempre te falam
Leia mais

Gestão Comercial

Você sabe o que é e como é feito o Valuation?
Leia mais

Consultoria Express

LIVE – Formação de Preço no Cenário Atual
Leia mais

Gestão Financeira

Perspectivas para 2021 na prática
Leia mais

Gestão Financeira

Tudo sobre Valuation
Leia mais

Gestão Financeira

Tentar controlar o incontrolável é desperdício de energia
Leia mais

Gestão Financeira

Vai abrir o próprio negócio? Saiba por onde começar!
Leia mais

Gestão Financeira

Fiquei sem fluxo de caixa, o que fazer?
Leia mais

Gestão Financeira

5 tendências do mercado magistral para ficar de olho em 2020
Leia mais

Gestão Financeira

Dicas de gestão para sua empresa farmacêutica
Leia mais

Gestão Financeira

Como fazer uma pesquisa de mercado para 2020?
Leia mais

Veja todas as publicações